Base de dados : LILACS
Pesquisa : 296502 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-296502
Autor: Ciconelli, Rozana Mesquita; Ferraz, Marcos Bosi; Santos, Wilton; Meinão, Ivone; Quaresma, Marina Rodrigues.
Título: Tradução para a língua portuguesa e validação do questionário genérico de avaliação de qualidade de vida SF-36 (Brasil SF-36) / Brazilian-Portuguese version of the SF-36. A reliable and valid quality of life outcome measure
Fonte: Rev. bras. reumatol;39(3):143-50, maio-jun. 1999. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivos: O objetivo deste estudo foi avaliar a tradução, adaptação cultural e propriedades de medida (reprodutibilidade e validade) do SF-36 em pacientes com artrite reumatóide. Métodos: O questionário foi traduzido e adaptado culturalmetne para a população brasileira de acordo com metodologia internacionalmente aceita. O SF-36 foi administrado por meio de entrevista a 50 pacientes (7 homens) com AR. Para avaliação da reprodutibilidade, os pacientes foram entrevistados duas vezes na primeira avaliação (entrevistadores 1 e 2) e novamente dentro de um período de 15 dias (entrevistador 1). O paciente também foi submetido a avaliação clínica e laboratorial. Também foram administrados os seguintes questionários: Nottingham Health Profile (NHP), Arthritis Impact Measurement Scales 2 (AIMS2) e HAQ. Análise descritiva foi utilizada na caracterização dos pacientes. O coeficiente de correlação de Pearson foi usado para avaliação da reprodutibilidade e validade. Resultados: Somente duas questões foram modificadas na fase de tradução e adaptação cultural. A média de idade e a de duração de doença foram de 49,2 (mais ou menos 13,28) e 8,54 (mais ou menos 6,55) anos, respectivamene. As dimensões que apresentaram as menores médias foram capacidade funcioanl (59,50), limitação por aspectos físicos (63,96) e dor (66,50). A reprodutibilidade intra e interobservadores foi estatisticamente significante (0,4426 < r < 0,8468 e 0,5542 < r < 0,8101), respectivamente. Para dimensões semelhantes, as correlações entre SF-36 e HAQ, NHP e AIMS2 foram estatisticamente significantes (p<0,01). Conclusões: A versão para a língua portuguesa do SF-36 é um parâmetro reprodutível e válido para ser utilizado na avaliação da qualidade de vida de pacientes brasileiros portadores de AR
Descritores: Artrite Reumatoide
Qualidade de Vida
Inquéritos e Questionários/normas
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Adulto
Meia-Idade
Responsável: BR396.3 - Biblioteca Setorial Umuarama



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde