Base de dados : LILACS
Pesquisa : 351224 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Brasil
Souza, José Maria de
Texto completo
Id: lil-351224
Autor: Amaral, Cacyane Naiff do; Albuquerque, Yael Duarte de; Pinto, Ana Yecê Das Neves; Souza, José Maria de.
Título: A importância do perfil clínico-laboratorial no diagnóstico diferencial entre malária e hepatite aguda viral / Importance of clinical and laboratory profiles for the differential diagnosis of malaria and acute viral hepatitis
Fonte: J. pediatr. (Rio J.);79(5):429-434, set.-out. 2003. tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVOS: Destacar o perfil clínico-laboratorial de malária e hepatite aguda viral em dois grupos de crianças, ressaltando semelhanças e diferenças entre os dois quadros; subsidiar o aumento da sensibilidade clínica de presunçäo diagnóstica precoce de malária na infância. MÉTODOS: Foram estudados dois grupos de 30 crianças, de dois a dez anos de idade, portadoras de primo infecçäo malárica ou hepatite viral aguda, confirmados pela pesquisa de plasmódio e pesquisa de marcadores virais de hepatite A e B. As crianças foram submetidas às seguintes avaliaçöes no primeiro dia de atendimento: hemograma, contagem de plaquetas, dosagem de enzimas hepáticas, uréia, creatinina e bilirrubinas. Os achados clínicos e laboratoriais foram descritos e comparados entre os dois grupos. Proporçöes de indivíduos com exames físicos alterados foram comparadas nos dois grupos, pelo teste exato de Fisher. RESULTADOS: A apresentaçäo clínica inicial da doença foi semelhante em todos os pacientes: febre, cefaléia, sintomas digestivos e colúria. Metade dos portadores de malária näo apresentou a tríade clássica, apesar de todos terem apresentado febre moderada ou alta, ao contrário dos portadores de hepatite. Na avaliaçäo laboratorial, os portadores de malária apresentaram mais anemia e plaquetopenia quando comparados aos portadores de hepatite. Foram marcantes, nos portadores de hepatite, as elevaçöes de bilirrubinas e enzimas hepáticas. CONCLUSÖES: A propedêutica detalhada e a avaliaçäo criteriosa dos exames laboratoriais inespecíficos constituem peças fundamentais para a diferenciaçäo clínica entre os dois diagnósticos, reforçando a identificaçäo precoce do parasita e, conseqüentemente, o tratamento rápido de malária em crianças
Descritores: Hepatite Viral Humana
Malária
-Doença Aguda
Fosfatase Alcalina
Anemia
Bilirrubina
Biomarcadores
Diagnóstico Diferencial
Ensaio de Imunoadsorção Enzimática
gama-Glutamiltransferase
Hepatite Viral Humana
Testes de Função Hepática
Malária
Contagem de Plaquetas
Estudos Prospectivos
Transaminases
Limites: Seres Humanos
Masculino
Feminino
Pré-Escolar
Criança
Tipo de Publ: Research Support, Non-U.S. Gov't
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde