Base de dados : LILACS
Pesquisa : 445216 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo SciELO Saúde Pública
Texto completo SciELO Brasil
Buchalla, Cássia Maria
Aldrighi, José Mendes
Texto completo
Id: 445216
Autor: Jovine, Marcia Salazar; Buchalla, Cassia Maria; Santarém, Érica Maria Machado; Santarém, José Maria; Aldrighi, José Mendes.
Título: Efeito do treinamento resistido sobre a osteoporose após a menopausa: estudo de atualização / Effect of resistance training on postmenopausal osteoporosis: update
Fonte: Rev. bras. epidemiol;9(4):493-505, dez. 2006. tab.
Idioma: pt.
Resumo: OBJETIVO: Investigar o efeito de intervenções com treinamento resistido sobre a força muscular e densidade mineral óssea nos sítios de maior ocorrência de fraturas relacionadas a osteoporose em mulheres no estágio de vida após a menopausa. METODOLOGIA: Estudo de atualização por meio de revisão sistemática de ensaios controlados randomizados e meta-análise nas bases de dados do Colégio Americano de Medicina Esportiva e da Biblioteca Cochrane no período compreendido entre os anos de 1985 e fevereiro de 2005. RESULTADOS: Foram encontrados vinte e seis estudos que atenderam os critérios de inclusão, realizados nos países Alemanha, Austrália, Austria, Canadá, China, Estados Unidos, França, e Japão, com um total de 2.300 mulheres com idades entre 40 e 92 anos. Intervenções com treinamento resistido apresentaram resultados estatisticamente significantes sobre a força muscular e a densidade mineral óssea nos sítios vértebras lombares, fêmur (triângulo de Ward/trocanter) e quadril total. CONCLUSÃO: O treinamento resistido mostrou ser capaz de prover estímulo para aumentar a força muscular e a formação óssea, influenciando os fatores de risco relacionados com osteoporose e quedas seguidas de fratura em mulheres no estágio de vida após a menopausa.

OBJECTIVE: to investigate the effect of interventions with resistance training on muscular strength and bone mineral density on the sites of higher incidence of osteoporotic fractures in postmenopausal women. METHODOLOGY: update study through a systematic review of randomized controlled trials and meta-analysis in the databases of the American College of Sports Medicine and the Cochrane Library was conducted from 1985 up to, and including, February 2005. RESULTS: twenty-six studies met inclusion criteria from Germany, Australia, Austria, Canada, China, United States, France and Japan, with a total of 2,300 women with ages ranging from 40 to 92 years. Interventions with resistance training showed statistically significant results on muscular strength and bone mineral density of the lumbar spine, femur (Ward/ trochanter) and total hip. CONCLUSION: resistance training markedly influences risk for osteoporotic factors regarding falls (muscular strength) and bone mineral density in postmenopausal women.
Descritores: Osteoporose Pós-Menopausa/prevenção & controle
Densidade Óssea
Menopausa
Exercício
-Ensaios Clínicos Controlados Aleatórios como Assunto
Metanálise
Atividade Motora
Qualidade de Vida
Promoção da Saúde
Responsável: BR67.1 - CIR - Biblioteca - Centro de Informação e Referência



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde