Base de dados : LILACS
Pesquisa : 468382 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-468382
Autor: Simão, Maria Odete.
Título: Avaliação da eficácia da intervenção breve para redução de danos em estudantes universitários da Unesp que fazem uso excessivo de bebidas alcoólicas / Assessment of the effectiveness of brief intervention to reduce harm in university students of unesp who use alcohol excessively.
Fonte: Ribeirão Preto; s.n; 2005. 181 p. ilus, tab.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto para obtenção do grau de Doutor.
Resumo: Em 1998 um levantamento com 11.382 estudantes da Universidade Estadual Paulista (UNESP) mostrou que 38% já haviam experimentado alguma droga na vida, excluindo álcool e tabaco, e que 20% já haviam experimentado drogas antes de entrarem para a faculdade. Bebidas alcoólicas haviam sido consumidas por 74% dos alunos no mês anterior à entrevista e 30% relataram beber mais de uma vez por semana. Diante desses resultados, decidiu-se iniciar um programa de prevenção do uso de álcool para alunos de primeiros anos (calouros) de todas as faculdades da UNESP. O objetivo deste estudo foi aplicar e avaliar nesses estudantes o método BASICS, desenvolvido nos Estados Unidos por MARLA TT et al. (1998). O método utiliza entrevista motivacional e é baseado no princípio da redução de danos, já que é não é uma meta realística tentar conseguir que as pessoas não usem álcool ou drogas. Dos 3.646 calouros da UNESP que participaram do rastreamento através do AUDIT e/ou RAPI, 917 (25%) apresentavam indicadores de uso problemático de álcool, como maior quantidade e freqüência de ingestão e maior número de conseqüências negativas associadas ao uso. Destes, 419 foram incluídos num ensaio clínico para avaliação da intervenção breve BASICS. Foram utilizados vários instrumentos e questionários, incluindo o questionário de SMART et al. (1982), e a Avaliação de Atitudes e Comportamentos de Risco (JOHNSTON et al., 1997, 1999). Após 12 meses, os 291 alunos que receberam a intervenção breve (18), foram reavaliados, tendo sido comparados com dois grupos-controle (grupo controle I, com 91 participantes, que não recebeu a intervenção breve, mas participou de campanhas preventivas comunitárias, e grupo controle II, com 37 participantes, que apenas respondeu aos instrumentos no início e final do estudo)...
Descritores: Alcoolismo/prevenção & controle
Estudantes/estatística & dados numéricos
Estudantes/psicologia
Limites: Humanos
Masculino
Feminino
Adolescente
Adulto
Responsável: BR33.1 - Divisão Técnica de Biblioteca e Documentação
BR33.1; 616.861



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde
WXIS|fatal error|unavoidable|recxref/read|