Base de dados : LILACS
Pesquisa : 540654 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-540654
Autor: Silva, Carlos Alberto dos Santos.
Título: Linfoma difuso de grandes células B com diferenciação plasmoblástica: caracterização clínica, morfológica e imunofenotípica / Diffuse large B-cell differentiation with plasmoblástica: clinical, morphological and immunophenotypic.
Fonte: Salvador; s.n; 2008. xii,86 p. ilus, tab, graf.
Idioma: pt.
Tese: Apresentada a Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz para obtenção do grau de Mestre.
Resumo: OS linfomas B difusos de grandes células plasmobásticos (LBDGC-LP) constituem um grupo heterogêneo de doenças com curso clínico agressivo, descritos inicialmente em pacientes HIV+. O LP tem sido associado à infecção pelo Herpes vírus tipo 8 em pacientes HIV+ e esses linfornas têm sido observados em pacientes HIV(-). Várias entidades tais como plasmocitoma anaplásico (PA) e pouco diferenciado (PPD) exibem uma superposição morfológica e imuno-histoquímica com os LP, principalmente quando estão em localização extra-ossea. O objetivo deste trabalho é contribuir para o diagnóstico diferencial das neoplasias linfóides com diferenciação plasmocitoide. Foram revisados 154 casos diagnosticados como Plasmocitomas, LBDGC, LBDGC-PL e Linfomas de pequenas células com diferenciação plasmocitoíde (LPC-P) dos arquivos de um centro de referência em oncologia. Foram selecionados 34 casos com padrão plasmocitoíde / plasmoblástico, confirmados por imunoistoquímica. Foram utilizados os seguintes marcadores: CD20, VS38c, CD56, CD79a, Mib, Lana-1 (HHV-8), Kappa e Lambda. Os casos foram analisados e classificados em quatro grupos morfológicos: Plasmocitomas bem diferenciados (PBD), PPD, PAlLP, LPC-P. Os PBD tinham localização óssea predominante e em 2/3 destes havia Mieloma associado, enquanto os LP tiveram apresentação nodal e visceral em 82 por cento dos casos. A positividade para CD56 ocorreu predominantemente nos PBD (p=O,04). Em um caso de LP/PA houve positividade para CD56 forte. A sobrevida foi significativamente menor nos casos de LP/PA. Nenhum dos casos mostrou positividade para LNA-1 (HHV-8). A associação com HIV foi observada em um caso de LP. A forte expressão de CD56 nos plasmocitomas sugere que este seja útil no diagnóstico diferencial. A sobrevida foi significativamente menor nos LP. A expressão de Lana-1 (HHV-8) foi negativa em todos os casos de Linfomas e Plasmocitomas, refutando a hipótese de que alguns Linfomas Plasmoblásticos representem a variante sólida do Linfoma de Efusão Primário na nossa série.
Descritores: Leucemia Plasmocitária/diagnóstico
Leucemia Plasmocitária/imunologia
Linfoma Difuso de Grandes Células B/diagnóstico
Linfoma Difuso de Grandes Células B/patologia
-Diagnóstico Diferencial
Imuno-Histoquímica
Infecções por HIV/imunologia
Linfócitos B/imunologia
Limites: Humanos
Responsável: BR526.1 - Biblioteca de Saúde Pública
BR526.1; R616.994, S586l



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde