Base de dados : LILACS
Pesquisa : 658451 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Texto completo
d: lil-658451 LILACS-Express
Autor: Mello Junior, José dos Santos; Souza, Thiele Carvalho Rastoldo de; Andrade, Fernanda Guimarães de; Castaneda, Luciana; Baptista, Abrahão Fontes; Nunes S., Katia; Vargas, Cláudia D(com); Gomes, Marleide da Mota; Guedes, José Fernando(com); Martins, José Vicente(com).
Título: Perfil epidemiológico de pacientes com lesão traumática do plexo braquialavaliados em um Hospital Universitário no Rio de Janeiro, Brasil, 2011. / Epidemiological profile of patients with traumatic brachial plexus injuryevaluated in a University Hospital in Rio de Janeiro, Brazil, 2011.
Fonte: Rev. bras. neurol;48(3), jul.-set. 2012. tab, graf.
Idioma: pt.
Resumo: Introdução: Os traumas queacometem o plexo braquial estão cada vez mais incidentes, ocorrendo principalmente por acidentes automobilísticos e de motocicleta. Lesões associadas ao trauma podem gerar graves disfunções sensitivas e motoras, temporárias ou permanentes, comprometendo o desempenho do indivíduo em vários aspectos. O grande índice de morbidade no indivíduo jovem masculino pode causar forte impacto econômico e social. Procuramos por meio deste estudo, descrever o perfil epidemiológico dos pacientes com lesão traumática do plexo braquial (LTPB) avaliados no Setor de Fisioterapia do Instituto de Neurologia Deolindo Couto (UFRJ/RJ). Metodologia: Foram avaliados 21 pacientes com lesão do plexo braquial no período de Setembro a Novembro de 2011. Foram incluídos pacientes de ambos os sexos, com idade entre 18 a 75 anos e história de trauma do plexo braquial. Os dados foram retirados da anamnese e do questionário sócio-demográfico. Todos os pacientes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Resultados: A população do estudo foi composta por 18 homens e 3 mulheres, evidenciando maior incidência da lesão no sexo masculino (85,7%, acometimento de homens na razão de 6:1). A média de idade foi de 33,2 anos. Os acidentes de trânsito foram os principais causadores de trauma (81%), sendo os acidentes de motocicleta responsáveis por 66,7% das lesões. Lesões associadas ao trauma ocorreram em 76,2% dos pacientes. Dezoito pacientes foram submetidos a cirurgias. Discussão: Os dados encontrados estão de acordo com a literatura científica no que diz respeito à grande incidência de LTPB na população jovem do sexo masculino, sendo os acidentes de trânsito, especialmente de motocicleta, os maiores responsáveis pelas lesões. Conclusão: A crescente incidência de LTPB constitui um problema de saúde pública, sendo, portanto necessários programas de conscientização e prevenção deste tipo de acometimento,visto que as causas externas de óbito vêm se mantendo como terceira causa de morte no Brasil. Futuros estudos são necessários para extrapolação dos resultados.

Introduction: The trauma affecting the brachial plexus is increasingly incident, occurring mainly by car accidents and motorcycle. Injuriesassociated with trauma can lead to severe sensory and motor dysfunction, temporary or permanent, affecting the individual's performance in severalaspects. The high rate of morbidity in young male individual can cause severe economic and social impact. We seek, through this study, to describe the epidemiological profile of patients with traumatic brachial plexus injury (TBPI) evaluated at the Department of Physical Therapy at the Instituto de Neurologia Deolindo Couto (UFRJ / RJ). Methodology: We evaluated 21 patients with brachial plexus injury in the period of September to November in 2011. Patients of both genders and aged 18-75 years and a history of trauma on the brachial plexus were included.The data weretaken from the history and socio-demographic questionnaire. All patients signed an informed consent form. Results: The population comprised 18men and 3 women, showing a higher incidence of injury in males (85.7%, involvement of men in a ratio of 6:1). The mean age was 33.2 years.Traffic accidents were the main cause of trauma (81%), and motorcycle accidents accounted for 66.7% of lesions. Injuries associated with the trauma occurred in 76.2% of patients. Eighteen patients underwent surgery. Discussion: The data are consistent with the scientific literature regarding thehigh incidence of TBPI in young males, and traffic accidents, especially motorcycle, the most responsible for the injuries. Conclusion: The increasingincidence of LTPB constitutes a public health problem, therefore, needed awareness programs and prevention of this type of involvement, as theexternal causes of death have remained as the third cause of death in Brazil. Future studies are necessary to extrapolate the results.
Responsável: BR1.1 - BIREME



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde