Base de dados : LILACS
Pesquisa : 730877 [Identificador único]
Referências encontradas : 1 [refinar]
Mostrando: 1 .. 1   no formato [Detalhado]

página 1 de 1

  1 / 1 LILACS  
             
seleciona
para imprimir
Fotocópia
Id: lil-730877
Autor: Freitas, Gileade; Tovar, Nick; Granato, Rodrigo; Marin, Charles; Coelho, Paulo G.
Título: NanoSynt: avaliação histológica e histomorfométrica de um novo substituto ósseo. O uso da nanotecnologia na conquista de um melhor padrão de osteocondução / NanoSynt: histological and histomorphometric analyses of a new bone substitute. The use of nanotechnology towards a better osteoconductive pattern
Fonte: ImplantNews;11(3):296-301, 2014. ilus, tab.
Idioma: pt.
Resumo: Objetivo: apresentar os resultados histológicos e histomorfométricos do uso de três substitutos ósseos disponíveis comercialmente, com relação à sua capacidade de regeneração óssea. Material e métodos: foram utilizados três biomateriais para preenchimento de defeitos críticos na calvária de coelhos, e mantidos por quatro e oito semanas in vivo. Resultados: do ponto de vista morfológico, um padrão de cicatrização semelhante foi observado para os três diferentes materiais, em que a formação do osso foi observada a partir das margens para o centro do defeito, nos tempos decorridos in vivo. De um ponto de vista quantitativo, o material NanoSynt apresentou maiores níveis médio de formação óssea, quantidade de biomaterial e de manutenção de espaço do defeito in vivo, quando comparado aos outros dois biomateriais. Conclusão: todos os substitutos ósseos utilizados apresentaram características de biocompatibilidade, não interferindo negativamente no processo de reparo. Entretanto, o biomaterial sintético NanoSynt apresentou maior nível de formação óssea e manutenção do espaço do defeito, quando comparado aos materiais Boneceramic e Bio-Oss durante os dois períodos in vivo do presente estudo (quatro e oito semanas).

Objective: to present the histological and histomorphometric results on the use of three commercially available bone substitutes with respect to its capacity of bone regeneration. Material and methods: three biomaterials were used to fill critical defects in the calvaria of rabbits kept 4 and 8 weeks in vivo. Results: from the morphological point of view, a similar pattern of healing was observed for three different materials, in which bone formation was observed from the margins to the center of the deffect, according to evaluated periods. From a quantitative point of view, the NanoSynt material exhibited higher mean levels of bone formation, amount of biomaterial, and space maintenance defect in vivo when compared to the other two biomaterials. Conclusion: all bone substitutes used showed biocompatibility and does not interfere negatively in the repair process. However, the synthetic biomaterial NanoSynt showed higher levels of bone formation and maintenance of the area of the defect when compared to materials BoneCeramic and Bio-Oss during the two periods in vivo in the present study (4 and 8 weeks).
Descritores: Materiais Biocompatíveis
Regeneração Óssea
Limites: Animais
Coelhos
Responsável: BR243.1 - Serviço Técnico de Biblioteca e Documentação



página 1 de 1
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : Formulário avançado   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           



Search engine: iAH v2.6 powered by WWWISIS

BIREME/OPAS/OMS - Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde